sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Versos para um sorriso


Quando virei-me e te vi
Fui de mim tomado
E a alma de mim parti
Rumo às estrelas elevado

O contorno dos lábios rosado
De um desenho estrangeiro em si
Emanando delícia de sabor alado
Prazer absoluto que jamais senti

És Meduza, bem-que-te-vi
Mas que pelo sorriso fui petrificado
E envolto pelo encanto de marfim
Permanecerei para sempre imobilizado

Não és Monalisa, de sorriso deturpado
És donzela e proponho uma troca para ti
Meu coração repleto de carinho exalado
Pela eternidade de teus lábios de colibri

Marco Hruschka

5 comentários:

Anônimo disse...

"lindas palavras vindo diretamente do coração...onde´o sentimento é puro e verdadeiro"

Parabéns, lindo poema!

Fábio Teles disse...

"Parabéns primão, mais uma vez esbanjou sentimento em seu poema, maravilhoso, e escolheu muito bem a foto...PARABÉNS!

Fabianne disse...

Perfeita.... cada dia me surpreendo com suas poesias... Amigo te desejo tudo de bom e do melhor.... Beijos

Anônimo disse...

Eis o retrato mais puro e mais doce de um sorriso. Dentre as descrições que eu já tive a oportunidade de ler, a vossa é a que mais toca o coração. As inferências mitológicas e artísticas vêm para dar um tom ainda mais interessante ao poema.
Meus parabéns, ou você é um ótimo artista ou a musa é realmente bela.
Abraços

Marly Bastos disse...

Uma troca justíssima! Muito lírica sua poesia. Parabéns. Gostei e seguir-te-ei.

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail