Search

Carregando...
terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Eu, Blimunda

Olá amigos! Posto agora um poema recém-escrito, chama-se "Eu, Blimunda". Sei que o texto deveria falar por si só, porém seria de grande valia para o entendimento desse poema que se conhecesse o livro "Memorial do Convento", de José Saramago, pois a intertextualidade é clara. Mas se conseguirem ver beleza por aqui, já fico feliz! Espero que gostem...


Marco Hruschka


Mirava nossas fotos, quimera?

E percebi o quanto éramos lindos juntos, voltasse pudera

O quanto éramos felizes juntos, chuva de estrelas

O quanto nos amávamos um ao outro, fogo de paixão em centelhas

Deveras foi uma vida contigo, meu amor, minha loucura

Contudo, meu olhar para ti será de eterna ternura

Saudade, compaixão, carinho... branduras tantas...

Pois sinto que também me amas

Mas és puro mistério, trevas no dizer

E por isso hoje não quero o pão do alvorecer

Preciso descobrir quais são os teus desejos

As tuas vontades, os teus anseios e devaneios

Abrirei os olhos no jejum necessário do trigo

E comprovarei o que vira em sonho antigo:

Tu e eu deitados na relva crepuscular

Paisagem, nascer do sol, amor e mar

Dois corpos na união primeira e imaculada do ser

Tu e eu enlaçados pelo eterno abraço do amanhecer

 

1 comentários:

Luigi Ricciardi disse...

Muito belo esse poema. Parece ser a voz da própria Blimunda em sua peregrinação em busca do amado Baltazar que tinha desaparecido.

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail