Search

Carregando...
terça-feira, 30 de dezembro de 2008

O vôo do colibri

Bonjour à tous...

Posto agora um poema que, num momento de inspiração e labuta, eu e meu parceiro literário, Luís, escrevemos...

Trata-se de um tema atual, a liberdade sexual feminina, espero que gostem. Como sempre, os comentários são bem-vindos! Um abraço a todos aqueles que lêem meus textos e que me apoiam! ;) 



Marco Hruschka

Luigi Ricciardi


Desolada e infeliz com minha vida,

Coloco-me debaixo da água fria

A crer que nada mais me restaria,

Pois em um ano nunca fora ouvida...

 

Saio do banho toda esbaforida

Despejando arsenal de versaria

E no ápice total de alarvaria

Vejo-me no espelho refletida...

 

Noto agora a beleza desta imagem

A rorejar aljôfar prateado,

Sinto o meu coração descompassado

Pulsando a despertar alma selvagem...

 

Tez eriçada, rosto sem maquiagem,

Ventre livre e o corpo embriagado.

Doces curvas, regaço perfumado,

Pura tentação à libertinagem...

 

Num consciente ímpeto de loucura,

Atiro-me ao espelho e sugo-me a alma.

Dos conceitos me dispo por m’nha palma,

Convido-me a gozar desta pintura...

 

Com minha amante faço uma aventura:

Toque, prazer, deleite que me ensalma,

Satisfação perfeita que me acalma,

Com meu novo amor sinto-me segura...

6 comentários:

Aninha disse...

Vou apenas aplaudir e te parabenizar.
Seus textos são digno de um mestre.
Beijos em teu coração.

Fernanda disse...

Muito bom!!! Algum professor do DLE leu????
Bom 2009 pra ti.

joaocage disse...

esse poema é digno de mestres,
a inspiração é unica,
nunca li nada semelhante,
um misto de lirismo e obsenidade
hehehe
muito bom primo.

Luigi Ricciardi disse...

Acho que sou suspeito para comentar esse texto. É umas das produções que mais gosto. Feito, como já dito, na companhia de Marco Hruschka. A idéia é interessantíssima... a paixão por si mesma, e por seu próprio corpo, culminando no amor e no gozo solitário, mas feliz, que a acalma... para sempre? por algum tempo? não se sabe... a personagem era tão enigmática que não deixou que olhássemos totalmente às claras todos os seus pensamentos. Esse ela nos escondeu, a meditar no seu gozo pleno de amores do momento.

Gabizinha disse...

Parabéns pelo trabalho!

Percebe-se o seu talento e dedicação. Mas que lindas palavras são estas? Admito que ao ler, a emoção toma conta. Em cada palavra, em cada pontução, vejo a emoção e escritos feitos com a alma!

Muito orgulho de você e de ser sua amiga!


Gde abraço!!

Lighia disse...

É maravilhoso ter por perto amigos que escrevem com a alma!
O texto é fantástico! Retrata com muita competência a particularidade e sensibilidade da mulher. O contraste da baixa-estima, em relação ao exterior, com seu deleite singular nos aproxima de forma intensa e encantadora.
(Confesso que, por um momento, me senti "refletida")
Será uma honra gravá-lo! Obrigada pelo convite!

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail