Search

Carregando...
domingo, 20 de dezembro de 2009

Eros e Psiquê - Fernando Pessoa


Eis um de meus poemas prediletos: Eros e Psiquê, de Fernando Pessoa. O texto pode ser encontrado no livro Cancioneiro. Trata-se de uma releitura do mito grego. No vídeo, a declamação do poema por Maria Bethânia com piano ao fundo. A primeira foto é uma escultura de Antonio Canova chamada Psiquê revivida pelo beijo de Eros, a  segunda foto é uma pintura que se chama L'enlèvement de psyché, de William Bouguereau. Abaixo um link sobre o mito de Eros e Psiquê. Declamação, música, escultura, pintura e poesia, viva a junção das Artes!

Marco Hruschka



Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.
Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.
A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.
Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.
Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.
E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,
E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.


O mito de Eros e Psiquê - Clique e saiba mais!

2 comentários:

Alessandra disse...

Oi Marcos, acho linda essa poesia, aliás a postei no meu blog também! Não sei se já lhe disse, mas acho o seu blog verdadeiramente fantástico. Parabéns e um beijo.
Lully

Anônimo disse...

Bela poesia. Eu gosto muito de mitologia. Me fez lembrar de um livro que li uma vez. Chama-se: "O universo, os deuses e os homens: mitos gregos contatos por Jean-Pierre Vernant". Fica a dica.

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail