Search

Carregando...
sábado, 11 de junho de 2011

Sentinela Morte



Para onde vão aqueles que se vão?
Para o magma do breu, festejar o nada que existe após isso?
Sentar-se ao lado direito de Deus, brindar com aquele que nos tira a vida?
Transformam-se em espírito ou em anjo, para vagar eternamente no trânsito divino?
Ou para uma caixa de madeira, são e salvo desse mundo em que vivemos?

Isso eu não sei, mas sei de uma coisa, eu vou morrer!
E... surpresa: Você também vai!
Todos vamos, como se você não soubesse,
Mas uma perda nos entristece, pois somos dependentes do outro,
E quando a saudade cresce, choramos como crianças, outros enlouquecem...

Seres-moribundos, somos isso, isso é o que somos,
Nascemos e já sabemos que vamos morrer, o que fazer?
Talvez amar e viver cada segundo como se fosse o último,
Pois o instante derradeiro está à espreita, aguardando o momento
De entrar e fazer o seu trabalho, transportar-nos para um lugar mais seguro.

Em condolência a toda família, pela perda inestimável da querida prima Ediane nesta data.

Marco Hruschka

3 comentários:

Darwin Bruno disse...

Muy bonito. Interesante. Un saludo fraterno amigo Marcos.

Natalia Smirnova disse...

Ola, belo blog você tem. Parabéns, a sua maneira de escrever é muito interessante. Eu amo ler e escrever e no momento estou escrevendo um blog-book (escrevendo e publicando simultaneamente). Te convido a dar uma passadinha por lá, está bem no início, o quarto capítulo sai amanha 15/06/11. O nome do blog-book é “Illegitimate” e você pode seguir esse meu fantasioso romance pelo POET (Pages Of Erased Text) http://pagesoferasedtext.blogspot.com/
Novamente, parabéns pelo blog. É ótimo.

Janaina Cruz disse...

É Antonio, a triste sina da vida é a certeza da morte... Enquanto ela não chega que a vida se instale em nós...

Amei teu blog, hei de segui-lo com prazer.

Abraços

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail