segunda-feira, 20 de julho de 2009

Bailemos

Tu tens a inocência de uma criança que já sabe o que quer

A sedução de uma mulher cheia de medos e segredos

Na maciez da alma, és pluma corpórea, o querer é mister

Na pele alva e nos lábios rosáceos habitam meus desejos


Não chores, doce anjo, não temas

A vida é para aqueles que olham o futuro

Para o além, para o amor, esqueça as algemas

Que te prendem ao chão, abandone o escuro


Alto! Claro! Voe para a liberdade!

Seja céu, seja estrela, seja o luar...

Seja o espelho que cintila a tua celebridade

Seja fusão, a areia que se mistura brandamente ao mar


Baila comigo em meio às rosas escarlates

Seremos sustenidos crescentes em paixão

O amor nos guiará como bonifrates

E dançaremos amantíssimos o acorde da União


Marco Hruschka

3 comentários:

Laís Carla disse...

Há muito não tenho o prazer de ler um poema seu... Mas, tenho que dizer que a cada dia que passa eles só melhoram... Com esse poema, tive mesmo a impressão de estar bailando, ele me passa movimento. As palavras se encaixam tão perfeitamente e é tão singelo. Não preciso dizer que sou sua fã, por que vc já sabe disso. Então, posso te dizer, mais uma vez, parabéns!

rabiscos de Pollyanna Letícia disse...

Emocionante! Aplausos de pé o seu "cantar o Amor"! Que almas masculina mais terna e intensa de expressar os sentimentos. Parabéns! Parabéns! Admito a você que eu não seja uma romântica, acho melhor dizer, que eu não tenho um terço da sua sensibilidade (e isso é sério, Marcos), mas lendo as suas obras acho que não vai ser difícil fazer parte do clube dos românticos assumidos! Parabéns mais uma vez!

Valéria disse...

Comentário da moça da terra distante rsrs...Como já disse, suas palavras me calam a alma, suaves mas com um poder de enlevar.

Marco Hruschka no Facebook

Quem sou eu?

Minha foto
Maringá, Paraná, Brazil
Marco Hruschka é natural de Ivaiporã-PR, nascido em 26 de agosto de 1986. Morou toda a sua vida no norte do Paraná: passou a infância em Londrina e desde os 13 anos mora em Maringá. Sempre se interessou em escrever redações na época de colégio, mas descobriu que poderia ser escritor apenas com 21 anos. Influenciado por professores na faculdade – cursou Letras na Universidade Estadual de Maringá – começou escrevendo sonetos decassílabos heroicos, depois versos livres, contos, pensamentos e atualmente dedica-se a um novo projeto: contos eróticos. Seu primeiro poema publicado em livro (Antologia de poetas brasileiros contemporâneos – vol. 49) foi em 2008 e se chama “Carma”. De lá para cá já, entre poemas e contos, já publicou mais de 50, não apenas pela CBJE, mas também em outras antologias. Em 2010 publicou seu primeiro livro solo: “Tentação” (poemas – Editora Scortecci). Em 2014, publicou “No que você está pensando?” (Multifoco Editora), livro de pensamentos e reflexões escrito primordialmente no facebook. É professor de língua francesa e pesquisador literário.

Lançamento

Lançamento
No que você está pensando?
"A vida é um compromisso inadiável" M. H.
"A cumplicidade é um roçar de pés sob os lençóis da paixão." M.H.

No que você está pensando?

No que você está pensando?
Pensamentos e reflexões

Meu livro de poemas

Meu livro de poemas
Tentação

Total de visualizações de página

Seguidores

Contato:

marcohruschka@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.

Siga-me por e-mail